Blogue

Efemérides de 2022 – Há 50 anos morre o último Regedor da Freguesia do Coentral

Efemérides de 2022 – Há 50 anos morre o último Regedor da Freguesia do Coentral

Em 1972 morre Manuel Alves Júnior, o último Regedor da Freguesia do Coentral.

Conhecido popularmente por “Ti Janeiro”, exerceu o cargo durante 35 anos, entre 1937 e 1972. Contudo, na verdade, o seu verdadeiro nome era Manuel dos Anjos Alves, conforme esclareceu sua neta Deolinda Gonçalves, que me referiu que seu avô teve de mudar o nome para poder ser nomeado regedor.

No ano de 1953, Manuel Alves Júnior iria ser louvado pelo Instituto Nacional de Estatística, como reconhecimento pela competência, zelo e dedicação com que desempenhou as funções que lhe foram atribuídas na realização do IX Recenseamento Geral da População de Portugal, do ano de 1950. O jornal regional “A Comarca de Arganil”, no seu número 4051, de 7 de Maio de 1953 deu a notícia desse louvor.

No Coentral, o Regedor tinha como função assegurar o cumprimento da ordem pública e zelar pelas pessoas e pelos bens da freguesia. Não recebia ordenado por esse trabalho. Quando era necessário prender alguém, o regedor era responsável pelo preso e tinha que o levar, algumas vezes a pé, a Castanheira. Se a prisão acontecesse à tarde, ficava detido, durante a noite, num compartimento destinado a esse fim no rés-do-chão da sua casa.

A figura do regedor de freguesia foi extinta na sequência da entrada em vigor da Constituição da República Portuguesa de 1976.

(In: Livro “COENTRAL-História, usos, costumes e tradições”, pags. 166 a 168)

Image

Este e outros temas são abordados no livro Coentral – História, Usos, Costumes e Tradições.

Para adquirir um exemplar do livro, contacte-nos.

Promotores da iniciativa

cirucrf-neveiros-coentral