Blogue

Efemérides de 2022 – Há 140 anos Castanheira de Pera recebe a primeira Missão das Escolas Móveis

Efemérides de 2022 – Há 140 anos Castanheira de Pera recebe a primeira Missão das Escolas Móveis

Em 1882, quase 30 anos antes da implantação da República em Portugal, Castanheira de Pera recebe a primeira missão, a nível nacional, das Escolas Móveis de alfabetização, pelo método de leitura de João de Deus, funcionando com dois cursos, um diurno e outro nocturno, e contando com a frequência de cinquenta e oito alunos, iniciativa financiada pelo industrial castanheirense António Alves Bebiano (Visconde de Castanheira de Pera)1.

Nesta luta pela alfabetização, teve papel de relevo o autodidacta, negociante de prestígio na cidade de Lisboa, Casimiro Freire, natural de Pedrógão Pequeno, que foi um incansável lutador contra o analfabetismo e um dos responsáveis pela génese e consolidação do movimento republicano. Foi ele que salientou as carências do ensino em Portugal, em dois artigos que escreveu no jornal O Século, no ano de 1881. Na sequência desses artigos, este jornal abriu uma subscrição pública para, com o dinheiro obtido, fundar uma associação de Escolas Móveis, seguindo o método de ensino de João de Deus. Em Maio de 1882, a quantia angariada levou Casimiro Freire a impulsionar a constituição da “Associação das Escolas Móveis pelo Método João de Deus” destinada a promover a realização de campanhas de alfabetização. Como em outros aspectos da nossa vivência colectiva, é justo realçar a mentalidade progressista das gentes desta região e a sua vontade inabalável de não ficarem parados e de evoluir.

Note-se que, estes tipos de campanhas só vieram a ser largamente implementadas após a proclamação da República em 1910, tendo por objectivo suprir as deficiências escolares do ensino primário em Portugal, nas freguesias onde não existissem ainda escolas fixas.

Importa realçar que a taxa de alfabetização da população portuguesa, em 1878 e 1911, era de 20,4% e 29,7%, respectivamente, colocando Portugal ao nível dos países da Europa do sul e do leste e, distante dos países da Europa central cuja taxa de alfabetização se situava bem acima dos 60%.

___________________

1Henriques, Aires B. e Nuno R. Soares, Maços de Pedra e Cal – A Maçonaria ao Vale do Zêzere, Pedrógão Grande, Outubro de 2015, pag. 467.

 

 

(In: Livro “COENTRAL-História, usos, costumes e tradições”, pags. 107 a 109)

Image

Este e outros temas são abordados no livro Coentral – História, Usos, Costumes e Tradições.

Para adquirir um exemplar do livro, contacte-nos.

Promotores da iniciativa

cirucrf-neveiros-coentral